domingo, 28 de agosto de 2011

POESIA

José Marcos
 
na noite
a pele negra
de mulheres
guerreiras
brilha como estrelas
suas lágrimas
iluminam sonhos
que sem medo
alimentam desejos
de liberdade
guardam no ventre
a grandiosidade do amor
em diferentes estilos
como uma arma poderosa
que prolifera sutil
a criar novos rumos
exigir direitos
estimular com paixão
a tradição da luta
para na manhã
despertar  feito canto
nas cidades
nas nações
nos corações
 
princesas negras   
 
 

Nenhum comentário: