quarta-feira, 26 de junho de 2013

Silvana Verissimo primeira brasileira receber prêmio cedido pela organização Institute Black Latin Afro Diáspora Celine Cruz

Silvana Veríssimo - Instituição Nzinga Mbandi, irá receber prêmio cedido pela organização Institute Black Latin Afro Diáspora Celine Cruz, sediada em Nova York, EUA, por sua conjuntura na luta contra o racismo.
É a primeira vez que uma brasileira ganha este prêmio.

Sua história de militância se cruza com desafios imensos, mas que não a deixaram abater. 
Como ela mesmo disse, em entrevista cedida na noite de sábado, dia 22, após saber da premiação, a qual ficou surpresa “Os desafios não me dão e nunca me causam medo, pelo contrário, me conscientizam da necessidade de estar cada vez mais forte para vence-los”.

Filha única de uma dona de casa e de um técnico de edificações, paulista do interior de São Paulo, começou sua militância ainda na pré-adolescência, pois vem de uma família de militantes negros, e já era habitual participar das reuniões sobre a temática racial.

Atua há mais de 25 anos no movimento negro, tarefa nada fácil, em um país como o Brasil aonde as desigualdades étnico raciais chegam a índices absurdos, causando diversos problemas como extermínio da juventude negra, número elevado de mortalidade materna das jovens e mulheres negras por falta de atendimento médico adequado, entre outros tantos percalços sofridos pela população negra, fatores agravantes do racismo institucional contundente, que persiste ainda em solo brasileiro.

Segundo Rosemary Cruz, diretora do Instituto responsável pela premiação, a indicação de Silvana Veríssimo foi dada por duas alunas do Instituto, Helison Drauye e Meredith Jonsh, que durante os anos de 2009 a 2012 estiveram no Brasil estudando comunidades negras, onde a conheceram em um seminário de mulheres negras, desde então, começaram a participar da maioria das atividades organizadas por ela.
Ficaram impressionadas com sua habilidade de mobilização, interlocução e articulação com os demais movimentos e organizações, sua crença na transformação social, determinação, valorização do ser humano e principalmente, sua simplicidade.

O Prêmio Institute Black Latin Afro Diáspora Celine Cruz é cedido as pessoas da América Latina e Caribe que se destacam pelas luta contra a discriminação racial. 

A cerimônia de premiação será no próximo mês de julho, na cidade de Nova York/EUA.
Além de Silvana Veríssimo, será premiados também Maria Santigo – Colômbia, Layla Montserrat – Peru, Adelita Gonzalez – Venezuela, Avelar Cruz Rosada-Guatemala.

Fonte: CEN/SP

Nenhum comentário: