terça-feira, 13 de setembro de 2011

Uma mulher Angolana , tirando da invisibilidade e protagonizando o que sempre existiu de belo a Mulher Negra

Angolana é eleita Miss Universo 2011




" Única mulher de pele negra entre as semifinalistas do Miss Universo 2011, a angolana Leila Lopes,    vencedora do concurso, disse na coletiva de imprensa realizada logo após o evento desta segunda-feira (12), no Credicard Hall, que não entende como algumas pessoas ainda conseguem ser preconceituosas nos dias de hoje. "Felizmente, o racismo não me atinge, pois são as pessoas racistas que tem um problema. Devemos nos respeitar, independente do sexo, cor ou classe social".



  A belíssima angolana Leila Lopes venceu a 60a edição do Miss Universo, que ocorreu nesta segunda-feira (12) no Credicard Hall, na capital paulista. Ela era uma das favoritas ao título e foi a mais aplaudida da noite. A brasileira Priscila Machado ficou em terceiro lugar. A ucraniana Olesia Stefanko ficou em segundo.
A produção do evento foi grandiosa, com direito a Claudia Leitte cantando em inglês e Bebel Gilberto fazendo a alegria dos 'gringos' com sua bossa nova contemporânea. Durante o show, não foram poupados elogios ao Brasil, intitulado o país mais sexy do mundo.

Entre as top 16, estavam três países de língua portuguesa: Angola, Brasil e Portugal, e seis países latino-americanos: Brasil, Colômbia, Panamá, Costa Rica, Porto Rico e Venezuela. Ucrânia, França, Kosovo, China, Austrália, EUA, Filipinas e Holanda também estavam entre as finalíssimas.

Priscila Machado, que contou com alguns desafetos vaiando sempre que era citada, não conteve as lágrimas ao chegar entra as top 10. Em um dos últimos blocos, sua torcida tomou conta da plateia, o que a deixou ainda mais emocionada.

A Miss Montenegro foi eleita Miss Simpatia e a Miss mais fotogênica foi a Miss Suécia. A Miss Panamá venceu o prêmio de melhor traje típico.

Depois do desfile de gala restaram apenas cinco finalistas. A quinta colocada foi a Miss China, seguida por Filipinas.


Fonte: Yahoonotícias
Fotos : panoramagaranhus/ego.globo

Um comentário:

Marciclene disse...

Auto estima, simplicidade, alegria, amor familiar, seriedade, responsabilidade, inteligência e beleza infinita (a do interior e exterior). Parabéns Leila Lopes, o mundo está bem representado.