domingo, 11 de setembro de 2011

Mulheres sindicalizadas capacitadas sobre seus direitos especiais

Benguela - Membros do comité provincial da mulher sindicalizada em Benguela foram sexta-feira capacitadas sobre “direitos especiais da mulher trabalhadora”.
 O seminário que teve a duração de algumas horas visou capacitar ainda as mulheres sobre o resgate de valores, bem como questões da Lei Geral do Trabalho.
 Segundo a coordenadora provincial do Comité da Mulher Sindicalizada, Urânia Neves, este evento visou também valorizar a vida sindical, bem como levar para a base da massa trabalhadora feminina temas do género pelo seu desconhecimento.
 “Muitas vezes não se faz cumprir a Lei Geral do Trabalho, há muita descriminação nos locais de serviço derivados de tabús em que há trabalho que a mulher não pode fazer”, disse a responsável avançando que o objectivo é levar este chamamento a realidade de que todo tipo de trabalho a mulher pode exercer desde que apresente capacidades físicas e boa disposição.
 Deu a conhecer que existem alguns direitos que a mulher tem como trabalhadora, dos quais o da maternidade, cuja lei concede às mulheres grávidas um tempo para ferias pós partos.
 Urânia Neves salientou que existem empresas privadas que não fazem cumprir o que está estipulado na Lei Geral do Trabalho e é necessário despertar a sociedade de que o que está legislado deve ser respeitado.
 O Comité Provincial da Mulher Sindicalizada conta com cerca de quatro mil filiadas em toda extensão da província de Benguela.


Fonte:ANGOP

Nenhum comentário: