sábado, 17 de setembro de 2011

 Apesar de tudo,
ainda sou a mesma !
Livre e esguia,
filha eterna de quanta rebeldia
me sagrou . 

Alda Lara  

Nenhum comentário: