quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Sub-secretária norte-americana inicia visita a Nairobi e ao Sudão do Sul


Washington - A sub-secretária de Estado norte-americana para as Populações, Refugiados e Migrações, Anne Richard, vai deslocar-se ao Quénia e ao Sudão do Sul a partir de hoje (quarta-feira) a 31 de Outubro, no quadro de uma digressão consagrada à protecção e à assistência aos refugiados nestes dois países, anuncia um comunicado do Departamento de Estado norte-americano.
 Durante esta visita, a sub-secretária norte-americana vai igualmente passar em revista as operações do programa norte-americano de admissão dos refugiados no Quénia, precisa o comunicado publicado terça-feira em Washington.

O Quénia alberga atualmente mais de 630 mil refugiados, na maioria Somalis.

Em Nairobi, a capital queniana, a sub-secretária de Estado norte-americana vai manter encontros com responsáveis do Governo e representantes de organizações internacionais e não governamentais.
 Ela deslocar-se-á igualmente ao campo de refugiados de Kakuma, que alberga mais de 100 mil refugiados, nomeadamente da Somália e do Sudão do Sul.

Anne Richard vai observar os programas de saúde da reprodução para os refugiados em Kakuma, entre outros esforços de assistência desdobrados.
 Em Kakuma e no centro de apoio à reinstalação do Departamento de Estado em Nairobi, ela vai manter encontro com o pessoal que prepara os refugiados requerentes à reinstalação nos Estados Unidos.

No Sudão do Sul, que alberga atualmente mais de 200 mil refugiados, principalmente do Sudão, a responsável norte-americana vai visitar os refugiados e o pessoal humanitário e observar os esforços desdobrados para fornecer estabelecimentos neutros e seguros e enfrentar as necessidades urgentes dos refugiados recém- chegados.

Atualmente, 110 mil refugiados sudaneses vivem nos campos no Concelho de Maban e mais de 60 mil refugiados em Yida e nos outros sítios no Estado de Unity desde Abril de 2012.
 Outros refugiados são esperados na próxima estação seca, uma vez que as estradas serão praticáveis.

Em Juba, a sub-secretária de Estado norte-americana para as Populações, Refugiados e Migrações vai manter encontro com responsáveis do Governo e com representantes de organizações internacionais e não - governamentais.

Fonte e texto : ANGOP

Nenhum comentário: