terça-feira, 30 de outubro de 2012

Seminário Internacional sobre Educação nas relações étnico-raciais


Iniciou ontem (29) de outubro, vai até dia  1º de novembro, o Seminário Internacional sobre Educação nas relações étnico-raciais , onde especialistas discutem políticas públicas com enfoque na formação de professores e desenvolvimento curricular.

Apresentar as iniciativas bem-sucedidas no Brasil, na área de educação para as relações étnico-raciais, bem como os respectivos indicadores sociais, e ampliar as discussões sobre as políticas públicas voltadas para este campo, com enfoque na formação de professores e de desenvolvimento curricular, são alguns dos principais objetivos do seminário internacional do projeto “Teaching Respect For All”, que a SEPPIR – Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial e a UNESCO realizam, de 29 de outubro a 1º de novembro, na Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC), em Brasília. 
O evento será aberto ao público no primeiro dia.  
 
O seminário, que é realizado em parceria com os ministérios das Relações Exteriores e da Educação, e Fundação Cultural Palmares, visa contribuir para o trabalho que está sendo desenvolvido por um grupo consultivo composto por especialistas dos Estados Unidos, Reino Unido, Bélgica, República da Coréia, Uganda, Cisjordânia, África do Sul, Rússia, Suíça e Brasil. Serão apresentados os marcos legais da questão étnico-racial no Brasil e as experiências sobre elaboração de materiais pedagógicos sobre história e cultura africana e afro-brasileira para professores envolvidos com a educação básica.

As apresentações serão centradas em temas voltados à educação e à formação para o trato com a diversidade cultural e étnico-racial, à medida em que se tornam obrigatórios no Brasil o ensino da História e da Cultura Afro-brasileira e Indígena, estabelecendo que as escolas, professoras (es) e demais profissionais envolvidos na educação de estudantes e os recursos pedagógicos utilizados sejam revistos e problematizados em função do redimensionamento e da reorientação dos estudos sobre a formação da sociedade brasileira.
 
Entre os marcos legais referentes ao tema, destacam-se as diretrizes curriculares nacionais para a educação das relações étnico-raciais e para o ensino de história e cultura afro-brasileira e africana, Leis nº 10.639/2003 e Nº 11.645/2008, assim como o Plano Nacional de Implementação destas diretrizes, publicado pelo Ministério da Educação.

O projeto UNESCO-EUA-Brasil “Teaching Respect for All” tem por objetivo desenhar uma estrutura curricular que promova a tolerância, que os países possam adaptar para os seus contextos e necessidades. 

Serviço
SEMINÁRIO INTERNACIONAL DO PROJETO “TEACHING RESPECT FOR ALL”
Quando: 29 de outubro a 1º de novembro de 2012.
Onde: Confederação Nacional dos Trabalhadores no Comércio (CNTC).
Endereço: SGAS – 902, Bloco C, CET – Centro de Eventos e Treinamentos Brasília (DF).
Acesso: O evento será aberto ao público apenas no primeiro dia.

 


Nenhum comentário: