quarta-feira, 17 de outubro de 2012

Relatório da ONU mostra Brasil entre líderes da expansão nas tecnologias e serviços de informação


(UIT)Números divulgados na quinta-feira (11) pela União Internacional de Telecomunicações (UIT) mostram que as tecnologias de informação e comunicação (TIC) continuam a crescer em todo o mundo, impulsionadas por uma queda constante no preço dos serviços de telefone e de Internet de banda larga.
Os dados, divulgados no relatório principal anual da UIT Medindo a Sociedade da Informação 2012, colocam a República da Coreia como a economia mundial mais avançada em TIC, seguida por Suécia, Dinamarca, Islândia e Finlândia. Dos dez países mais bem classificados, oito são da Europa. Os dois países restantes vêm da região da Ásia-Pacífico, com a República da Coreia, em primeiro lugar e o Japão em 8º lugar.
O relatório também identifica os países que fizeram mais progressos quando se trata de desenvolvimento das TIC. Estes mercados dinâmicos de TIC estão localizados principalmente no mundo em desenvolvimento – prova de que muitos países em desenvolvimento estão a se recuperar rapidamente em esforços para superar o chamado “fosso digital”. Entre os que mais avançaram estão Barein, Brasil, Gana, Quênia, Ruanda e Arábia Saudita
 O Índice de Desenvolvimento das TIC (IDI) da UIT classifica 155 países de acordo com seu nível de acesso às TIC, uso e habilidades, e compara os pontos de 2010 e 2011. Todos os 30 países no topo do IDI são países de alta renda, sublinhando a forte ligação entre renda e progresso das TIC.
Existem grandes diferenças entre os países desenvolvidos e em desenvolvimento, nos valores do IDI, em média duas vezes mais altos no mundo desenvolvido em comparação com os países em desenvolvimento. O relatório identifica o grupo de países com os níveis mais baixos de IDI – os chamados “países menos conectados ‘- e destaca a necessidade de os decisores políticos prestarem grande atenção a este grupo.
Preço dos serviços de TIC caíram 30% entre 2008 e 2011
Globalmente, os serviços de telecomunicações e de Internet estão se tornando mais acessíveis. O preço dos serviços de TIC caíram 30% no mundo entre 2008 e 2011, com a maior queda em serviços fixos de banda larga de Internet, onde os preços médios caíram em 75%. Entretanto, serviços fixos de banda larga continuam a ser muito caros na maioria dos países em desenvolvimento.
As TIC têm crescente impacto sobre a economia 
O relatório também mostra que o setor de TIC tornou-se um dos principais contribuintes para o crescimento econômico. Em 2010, as exportações mundiais de bens de TIC representaram 12% do comércio mundial de mercadorias, e até 20%  para os países em desenvolvimento. Os números destacam o importante papel que os países em desenvolvimento estão desempenhando em termos de receitas de telecomunicações e de investimentos, particularmente durante a recente crise econômica.

Fonte e texto : ONU Brasil 

Nenhum comentário: