quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Ministra da Cultura defende preservação, valorização e divulgação da cultura biena


Kamacupa - A ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, defendeu hoje (quarta-feira), em Kamacupa, na província do Bié, a necessidade de se preservar, valorizar e divulgar a cultura local, como forma de incentivar a juventude a resgatar os valores culturais e prestar maior atenção aos sítios históricos da província.
 De acordo com Rosa Cruz e Silva, que falava à imprensa no final de uma visita de trabalho, os valores culturais ligados ao teatro, dança tradicional, música, literatura oral, adivinhas e provérbios devem ser transmitidos às novas gerações, no sentido de conhecerem a realidade da cultura desta região.
 Rosa Cruz e Silva disse ainda que alguns monumentos e sítios da província vão merecer uma reestruturação, como é o caso do Centro Geodésico de Angola.
 Na terça-feira, Rosa Cruz e Silva disse no município do Chitembo, a 150 quilómetros a sul do Kuito, que o seu ministério está engajado na valorização dos monumentos e sítios históricos do país.
 Sublinhou que a medida visa divulgar os sítios, centros históricos e culturais, por formas a se resgatar os valores culturais a nível do país.
 Rosa Cruz e Silva referiu que a província do Bié tem muitos centros culturais, assim como locais e sítios históricos que o ministério vai transformar como pontos de referência da cultura local.
 A ministra disse, por outro lado, que o sector em parceria com os ministérios da Educação, Ensino Superior, Ciências e Tecnologias estão a traçar estratégias que visam elaborar actividades no sentido de massificar a cultura no seio dos estudantes.
 Disse ainda que a medida visa permitir aos estudantes fazerem um estudo aprofundado da cultura de cada região, por formas a valorizar e conhecer as figuras históricas do país.
 Desde segunda-feira na província do Bié, Rosa Cruz e Silva manteve já um encontro de cortesia com o governador da província, Álvaro Manuel de Boavida Neto, com os trabalhadores do sector e orientou uma palestra dirigida às entidades religiosas sobre "Fenómeno religioso".
 Visitou igualmente as instalações onde funciona a Direcção Provincial da Cultura, a antiga fábrica de discos Fadiang, a biblioteca afecta à administração municipal e outra do Instituto Normal de Educação-Marista.
 A governante vai reunir-se também com actores culturais dos municípios do Kuito, Kamacupa e Chitembo e participará em espectáculos de música gospel designados "A mansidão dos nossos espíritos" e "A nossa identidade cultural".
 Ainda hoje, a ministra da Cultura vai inaugurar a Casa-Museu do primeiro Presidente da República, António Agostinho Neto, localizada no bairro Catraio, na cidade do Kuito.
 Rosa Cruz e Silva está na província do Bié com o objectivo de constatar o real funcionamento da cultura local e implementar a política cultural nos nove municípios da região.



Fonte:ANGOP

Nenhum comentário: