quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Dilma Rousseff advoga mão de obra angolana nas empresas brasileiras implantadas no país


Luanda – A Presidente do Brasil, Dilma Rousseff, advogou hoje, quinta-feira, em Luanda, a
Trabalhadores em actividade
Trabalhadores em actividade
contratação de trabalhadores angolanos pelas empresas brasileiras que operam no país.
 “Um dos princípios da nossa cooperação, que gostaria e exijo que sejam aplicados em relação ao Brasil e que as empresas brasileiras que trabalham em Angola têm de contratar, empregar e incentivar trabalhadores angolanos, dirigentes angolanos, engenheiros angolanos, porque é isso que gostamos que façam no nosso país”, sublinho durante o discurso no Parlamento.
 Por outro lado, prosseguiu, “as nossas empresas devem privilegiar também parcerias com empresas angolanas, bem como priorizar e aceitar a orientação e os planos dos países nos quais nós estamos a cooperar fraternalmente”.
 Insistiu que, assim sendo, as empresas brasileiras têm de respeitar as condições, as regras e as determinações que o Governo legitimamente eleito de Angola estabelece para o país.
 Lembrou que a cooperação entre os dois países vem desde a data da Independência e o Brasil tem dado a sua contribuição ao esforço nacional de soberania, de desenvolvimento e de construção da democracia.”Queremos continuar nesse caminho”.

Fonte: ANGOP

Nenhum comentário: