segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Hoje é Dia Mundial do Habitat


Fonte:ANGOP
– O Dia Mundial do Habitat é celebrado hoje, segunda-feira, 03 de Outubro, para se reflectir sobre o estado das cidades e os direitos dos seres humanos a uma vida digna.
 A data, instituída pela Organização das Nações Unidas em Outubro de 1985, é comemorada as primeiras segundas-feiras de Outubro de cada ano, com o objectivo também de enfatizar o mundo sobre a responsabilidade colectiva pelo futuro do habitat humano.
 Com estes objectivos, as Nações Unidas pretendem manter o desafio futuro urbano e elevar a consciência sobre a necessidade de melhor planificação urbana e incentivar as melhores práticas que apresentam os desafios do século XXI.
 Nos países desenvolvidos e em vias de desenvolvimento, as cidades sentem os efeitos das mudanças climáticas, a redução de recursos, a insegurança alimentar, o crescimento populacional e a instabilidade económica.
 Estes factos aumentam neste século e de forma significativa, as cidades, de maneira física e social.
 Vários países em vias de desenvolvimento continuam a experimentar índices elevados de urbanização, acompanhando as consequências sérias, assentamentos precários sem infra-estruturas adequadas para atender a procura das populações urbanas crescentes.
 Com mais de metade dos habitantes do mundo que vivem em áreas urbanas e com as  expectativas de crescimento em dois terços numa geração, não há dúvidas que a “agenda urbana” será uma prioridade para governos e autoridades locais em todo o mundo.  
 Dados das Nações Unidas estimam que 59% da população mundial habitará áreas urbanas até 2030 sendo que, a cada ano, mais 67 milhões de pessoas passam a viver em cidades.
ONU estima que 59% da população mundial habitará em áreas urbanas até 2030
Luanda
 Em Outubro de 2008, a directora do UN-Habitat, Anna Tibaijuka, visitou Angola e reuniu-se com o então vice-ministro do Urbanismo e Ambiente, Pedro da Mota Liz, que fizeram uma reflexão a volta do dia mundial.
 A visita serviu também para a directora do UN-Habitat, Anna Tibaijuka, acompanhar os progressos na construção de habitações sociais, escolas, estradas e outras infra-estruturas em curso em Angola.
 Em Angola, o acto central do Dia Mundial do Habitat, que se comemora este ano sob o lema "Cidades e Mudanças Climáticas”, vai realizar-se na cidade de Ondjiva, província do Cunene, cuja cerimónia será presidida pelo ministro do Urbanismo e Construção, Fernando Fonseca.
 O evento comemorativo será marcado por abordagens sobre a problemática das cidades e as influências da mudanças climáticas em concreto na região da província do Cunene e pelo lançamento do livro “perfil hidrográfico do rio Cuvelai”, produzido pela Organização Não Governamental Development Workshop.

Nenhum comentário: