quarta-feira, 20 de março de 2013

Mulheres de 35 a 45 anos são maioria entre pacientes de cirurgia bariátrica


Cerca de 70% das pessoas que fazem cirurgia bariátrica no país são mulheres entre 35 e 45 anos, segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica. Mas a entidade aponta que pacientes mais novos têm buscado o procedimento.
Portaria do Ministério da Saúde, assinada hoje (19), reduz de 18 anos para 16 anos a idade mínima para fazer a cirurgia pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A decisão foi tomada após pesquisas mostrarem o aumento no número de adolescentes obesos. O procedimento é indicado para aqueles de correm risco devido aos excesso de peso.
Para o presidente da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, Mário Carra, as mulheres são maioria entre os pacientes por serem "mais cuidadosas" com a saúde e porque "procuram tratamento mais eficaz”. Depois de fazer dietas e tratamentos a base de remédios para emagrecer, a jornalista Luzia Tremendani, de 32 anos, recorreu à cirurgia bariátrica há quatro anos. Ela perdeu 40 quilos após o procedimento. “Passei a vida inteira fazendo tratamento para emagrecer, meus pais me levavam a endocrinologistas, psicólogos. Na adolescência, entrei na fase dos remédios para emagrecer e quando eu vi que não dava mais eu optei pela cirurgia”, relembrou. 
Mário Carra explica que, após a cirurgia, a mulher que desejar ficar grávida deve esperar período de 18 a 24 meses. “É uma cirurgia de grande porte e pode trazer problema para ela e para o feto”.
Fonte: Agencia Brasil

Um comentário:

Unknown disse...

Repliquei no meu face e vou divulgar no blog da saúde das mulheres lésbicas e bissexuais aqui do rs.
Agradeço, ficou muito boa a matéria!
Muito axé,
Claudete Costa
Articuladora Estadual da LBL