segunda-feira, 18 de março de 2013

Conferência Internacional para o Desenvolvimento de África

Secretária de Estado para a Cooperação, Ângela Bragança
Secretária de Estado para a Cooperação, Ângela Bragança

 Abeba - A secretária de Estado para a Cooperação, Ângela Bragança, encontra-se em Addis Abeba, Etiópia, e participa da  Reunião Ministerial Preparatória para Quinta conferência Internacional de Tóquio para o Desenvolvimento de África (TICAD V).
 A Conferência terá lugar na cidade Japonesa de Yohohama de 1 a 3 de Junho de 2013, lançada pelo Japão há duas décadas em conjunto com os países africanos.
O governo japonês está confiante de que o TICAD V se tornará um novo ponto de partida para uma relação sólida com África rumo ao desenvolvimento deste continente - defendeu sábado o ministro dos negócios estrangeiros do Japão, Fumio Kishida.
 A declaração de Yohoama faz a alusão à comemoração do vigésimo aniversário do processo TICAD V, que coincide este ano com o 50º aniversário da Organização de Unidade africana/ União Africana.
 A referida declaração reconhece as conquistas do processo TICAD e renova o compromisso forte para que continue em parceria em prol do Desenvolvimento de África.
 Nesta reunião de dois dias que começou sábado, na sede da União Africana, representantes africanos, do Japão, Nações Unidas e Banco Mundial, vão analisar, entre outros, os progressos realizados nomeadamente nas áreas do crescimento econômico, e da consolidação da paz e da boa governação.
 Sabe-se que o processo TICAD colocou particular importância ao papel da agricultura em África, tanto para a economia e para a sociedade, já que a agricultura representa o maior setor econômico de África, sendo o maior gerador de emprego e fonte de subsistência.
 Por outro lado, o TICAD V tem concentrado as suas atenções para as áreas do Desenvolvimento de recursos humanos e de promoção no campo da tomada de política ambiental e tecnologia ambiental.
 A TICAD é um processo iniciado pelo Governo japonês em 1993 e tem como objetivos a promoção do diálogo político de alto nível entre os dirigentes japoneses e africanos com os co-organizadores da TICAD e a mobilização de apoio para as iniciativas de desenvolvimento concebidas pelos próprios Africanos.

Fonte: ANGOP

Nenhum comentário: