segunda-feira, 2 de julho de 2012

Fórum Nacional de Mulheres Idosas reúne, em Pernambuco, 1.100 participantes


Em evento, Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República aponta mulheres idosas entre os públicos prioritários da gestão da ministra Eleonora Menicucci
 
29/06 - Fórum Nacional de Mulheres Idosas reúne, em Pernambuco, 1.100 participantesOs direitos das mulheres idosas foram discutidos no II Fórum Nacional de Mulheres Idosas, nos dias 13 e 14 de junho, por 1.100 mulheres entre representantes do segmento, cuidadoras e profissionais de diferentes cidades e estados do país. O encontro aconteceu em Pernambuco e teve como objetivo a consolidação do espaço de debate e exposição das políticas públicas para as mulheres idosas, por meio de palestras, oficinas e apresentações culturais.
Para Rosângela Rigo, diretora de Programas da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), a mulher idosa do século 21 está cada vez mais ativa. “As mulheres idosas de hoje continuam trabalhando, produzindo cultura, conhecimento. Elas participam de partidos políticos, organizações comunitárias entre outras atividades. São mulheres atuantes e com características bem diferentes de 20 anos atrás”, frisou a diretora da SPM, uma das instituições parceiras do evento.
Rosângela adiantou, ainda, a ministra Eleonora Menicucci, da SPM, constituiu a Coordenação da Diversidade e Promoção da Igualdade na Secretaria de Articulação Institucional e Ações Temáticas para que as políticas públicas acompanhem os novos perfis de mulheres idosas no Brasil. A nova área articula e apresenta propostas que possam responder às demandas das mulheres idosas, jovens, indígenas, com deficiência, lésbicas e negras. “Esse novo espaço incorpora nas políticas e ações do governo federal cada vez mais, a diversidade das mulheres brasileiras”, informou ela.
O Fórum Nacional de Mulheres Idosas acontece a cada dois anos e vai percorrer as cinco regiões brasileiras, para contemplar as diversidades regionais e enfrentar as desigualdades de geração que atingem as mulheres idosas. 
A segunda edição foi organizada pela Secretaria da Mulher do Governo de Pernambuco, Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos, Fundação Joaquim Nabuco e SPM-PR. Contou ainda com o apoio do Conselho Estadual dos Direitos da Mulher de Pernambuco, Conselho Estadual dos Direitos do Idoso, Associação Brasileira de Alzheimer, Universidade Federal de Pernambuco, Instituto de Pesquisas da Terceira Idade  Associação Brasileira dos Clubes da Melhor Idade e Pastoral da Pessoa Idosa.
 
 
 
Fonte :Comunicação SocialSecretaria de Políticas para as Mulheres – SPM

Um comentário:

NACRE-Núcleo de Arte e Cultura Rumpilé do Engenho disse...

Sou Silvia Rita, professora de dança, desenvolvo há 14 anos um trabalho com o corpo da Pessoa Idosa com foco na cultural corporal. Voltado para o protagonismo da arte espetacular. Gostaria de parabenizar a todos ao tempo que solicito contato do Fórum para que possa contribuir no que estiver ao meu alcance.
Atenciosamente,

Silvia Rita de Cerqueira