quarta-feira, 25 de julho de 2012

25 DE JULHO - ESPECIAL


por Mônica Aguiar

Eu Mulher Negra, dedico parabéns sempre para todas as mulheres!
Mas neste momento em especial, momento de tantas reflexões,  são para as Mulheres Negras que 
TODAS devem devoção.


Pela resistência.
Pela luta.
Pela solidariedade.
Pela compreensão.
Pela vontade de viver.
Pela coragem de sobreviver entre tantas tribulações.
Companheiras e parceiras!
Salve, salve Candaces! 
Rainhas guerreiras!

Donas da verdadeira história.
Da nossa história. 




Eu dedico este poema,  um samba-enredo .
CANDACES 

Autores: Dudu Botelho, Marcelo Motta, Zé Paulo e Luiz Pião

Majestosa África
Berço dos meus ancestrais
Reflete no espelho da vida
A saga das negras e seus ideais
Mães feiticeiras, donas do destino...
Senhoras do ventre do mundo
Raiz da criação
Do mito à História
Encanto e beleza
Seduzindo a realeza
Candaces mulheres, guerreiras
Na luta... justiça e liberdade
Rainhas soberanas
F l o rescendo pra eternidade (BIS)
Novo mundo, novos tempos
O suor da escravidão
A bravura persistiu
Aportaram em nosso chão
Na Bahia, alforria
Nas feiras, tradição
Mães de santo, mães do samba!
Pedem proteção
E nesse canto de fé
Salgueiro traz o axé
E faz a louvação
Odoyá, Iemanjá; Saluba Nana
Eparrei Oyá
Orayê yê o, Oxum
Oba xi oba (BIS)

Nenhum comentário: