quinta-feira, 16 de agosto de 2012

Grupo Cultural vão à Finlândia para divulgar capoeira

O Grupo Cultural Percussivo Batunkenjé ficou 11 dias no país europeu para divulgar a capoeira e a dança através do batuque de tambores. Foto: Professor Luizão/vc repórter
O Grupo Cultural Percussivo Batunkenjé ficou 11 dias no país europeu para divulgar a capoeira e a dança através do batuque de tambores
Foto: Professor Luizão/vc repórter

Um grupo de 12 brasileiros viajou até a Finlândia para ensinar e promover a cultura brasileira para 150 jovens daquele país. O Grupo Cultural Percussivo Batunkenjé de Brasília viajou com o objetivo de divulgar a capoeira e a dança através do batuque de tambores.
Os brasileiros viajaram no dia 22 de julho para uma cidade vizinha à capital Helsinque, onde permaneceram em um acampamento de jovens. Comandados pelo mestre em capoeira Celin do Batuk, o grupo ensinou aos finlandeses a história da luta e os ritmos proporcionados pelas batucadas.
Segundo um dos membros do Batukenjé, Celin do Batuk toca na Finlândia há 6 anos. Isso despertou o interesse dos finlandeses em levar os brasileiros para ensinar mais sobre a cultura da capoeira.
Antes de voltar ao Brasil na ultima quinta-feira, 2, o grupo ainda passou pela Estônia, onde fez uma apresentação no meio da rua na capital Tallin.

Um comentário:

Anônimo disse...

Brasil!Ame-o ou deixe-o. Em qualquer lugar do mundo voce estará em primeiro.