quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Introdução do Umbundu e Nganguela no sistema de ensino


Lubango - A direcção provincial de Educação, Ciência e Tecnologia da Huíla inicia, neste ano lectivo, o ensino das línguas nacionais Umbundu e Nganguela no ensino primário e secundário da província da Huíla, no intuito de permitir às crianças melhor aprendizagem, espírito de auto-estima e sentimento de integração na sua cultura.
 Ao discursar na abertura do seminário de formação de professores nas línguas Nyaneka, Umbundu e Nganguela, o seu director, Américo Chicote, considerou a inserção destas línguas no sistema de ensino como uma das grandes conquistas da reforma
educativa.
 Em seu entender, a inserção das línguas nacionais no sistema de ensino foi uma das maiores conquistas da reforma educativa em curso no país e nos quadros do sector, pois deverá contribuir à avaliação deste programa, para se introduzir correcções pertinentes
e garantir um ensino de qualidade adequado a realidade angolana.
 De acordo com o responsável, com a abertura do seminário dá-se início a um ciclo de formação, cujo principal propósito é dotar os docentes de competência necessárias para o exercício da docência na província e capacitá-los para melhor leccionar as línguas nacionais.
 “A realização do seminário tem por objectivo aumentar o número de professores de língua Nyaneka, dar início a experimentação nas escolas seleccionadas com o ensino das línguas Umbundu e Nganguela, pelo facto de fazerem parte do mosaico etnolinguística da província”, asseverou o director.
 O seminário, primeiro do ano lectivo 2012, é uma oportunidade para os professores contribuírem com opiniões válidas e construtivas para que possam sair munidos de conhecimento suficientes para as actividades esperadas, considerou Américo Chicote.


Fonte: Angop

Nenhum comentário: