quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

analisa o impacto da crise econômica e financeira sobre a pobreza e o trabalho das mulheres

Um olhar para a crise vindo das margensNo documento “Una mirada a la crisis desde los márgenes” são abordados os principais enfoques e propostas examinadas durante a reunião “Análise da crise econômica e financeira a partir da perspectiva de gênero: entendendo seu impacto sobre a pobreza e o trabalho das mulheres”, realizada no México em julho de 2009. O debate acerca da crise econômica a partir de uma perspectiva específica, a das mulheres, permite questionar a corrente principal da economia e ver como, nas políticas públicas e na produção de informação estatal, as desigualdades que as mulheres enfrentam no mundo do trabalho são cobertas por um manto de invisibilidade. As apresentações realizadas durante a reunião abordam o impacto da crise sobre as mulheres e analisam o lugar que as mulheres ocupam no sistema econômico.

Uma contribuição muito significativa foi a integração do cuidado como atividade econômica e sua importância para a compreensão das repercussões da crise para as mulheres. Da mesma maneira, atenção especial é voltada para o estudo das medidas de enfrentamento à crise, com ênfase na situação das mulheres e nos diretrizes que permitam inovar no desenho das políticas públicas. A crise pode ser também uma oportunidade para olhar e repensar o modelo de desenvolvimento das sociedades da América Latina e Caribe. A pergunta de fundo, “que tipo de desenvolvimento se busca?”, pode ser respondida a partir de diferentes pontos de vista, mas, no caso em questão o que querem as mulheres é, sem dúvida, um desenvolvimento inclusivo e com igualdade.

A íntegra do documento, disponível apenas em espanhol, está em formato .pdf e pode ser descarregada clicando aqui.


O arquivo também pode ser acessado online no sítio da Divisão de Assuntos de Gênero da CEPAL.



 

Nenhum comentário: