domingo, 27 de novembro de 2011

PR quer respostas mais efectivas para mulheres vítimas de violência - Cabo Verde

Praia - O presidente de Cabo Verde; Jorge carlos Fonseca, apelou à necessidade de respostas mais efectivas de repressão, prevenção e acompanhamento das vítimas e dos autores da violência doméstica e pediu "maior protagonismo" das mulheres na sociedade cabo-verdiana, noticia hoje (sábado) a LUSA.  
Num comunicado, a propósito do Dia Internacional da Eliminação da Violência sobre as Mulheres, Jorge Carlos Fonseca lembrou sexta-feira que a violência sobre as mulheres, "um dos tipos de violação dos direitos humanos mais generalizado no mundo".
 Acescentou que a violência é considerada pela ONU um obstáculo à concretização da igualdade entre mulheres e homens.   
Nesse sentido, disse que a efeméride, celebrada sexta-feira, deve servir para debater e dar visibilidade a "este problema
social" que "compromete a saúde física e psicológica" da mulher.  
"Este dia deve representar mais uma oportunidade de reflexão social sobre formas de eliminar este tipo de violência, muitas
vezes fundada em certas normas, atitudes culturais e crenças da comunidade que permitem a sua ocorrência e continuidade",
defende o chefe de Estado cabo-verdiano.   
Jorge Carlos Fonseca acredita que, em Cabo Verde, apesar dos progressos, deve reconhecer-se a importância que esta luta
assumiu desde a independência e os esforços "meritórios" que estão a ser feitos para reagir ao problema com uma abordagem mais "global". 


Fonte : ANGOP

Nenhum comentário: