quinta-feira, 24 de maio de 2012

Rio busca valorizar e difundir cultura afro - SEMANA DA ÁFRICA


Valorizar e difundir as culturas afro-brasileira e africana, por meio de apresentações culturais e atividades literárias. Esse é um dos objetivos do projeto África Diversa, cuja segunda edição, ocorre no Rio de Janeiro, de 20 a 25 de maio.
 

O evento é uma realização da Secretaria Municipal de Cultura do Rio e oferecerá, durante cinco dias, no Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian (coração da Praça XI – conhecida como Pequena África; reduto por excelência dos negros brasileiros), seminário educativo com oficinas, cursos, palestras e debates com escritores, pesquisadores e artistas que trabalham com os  temas apresentados. 
a programa regrada de atividades conta com apresentações artísticas diárias e lançamento de livros t.
O evento tem como objetivo a formação de educadores e artistas que desejam se aprofundar no conhecimento de temas sobre cultura afro-brasileira e africana. Todos e todas  têm entrada gratuita.
Milton Teixeira, Luiz Carlos Prestes Filho, Reginaldo Prandi, Joel Rufino dos Santos, Hassane Kouyaté, Tânia Andrade Lima e Ondjaki. Esses são alguns dos artistas e escritores que realizam um trabalho de excelência com cultura africana e afro-brasileira e que ministrarão palestras, minicursos e oficinas no seminário. 
Outras atividades também somam a programação :-  minicursos sobre griôs, danças populares maranhenses, maracatu, contos afro-cubanos e orixás, além de contação de histórias.

“O projeto pretende atender educadores e artistas que desejam se aprofundar na formação sobre a  cultura afro-brasileira e africana. 
Os palestrantes, que possuem larga experiência nos temas, terão o desafio de trazer novos  olhares e reflexões sobre a formação de identidade, a diversidade cultural, a relação entre tradição e contemporaneidade, o diálogo África-Brasil e, sobretudo, a importância da transmissão oral nestas sociedades”, explicou  a curadora do África Diversa, Daniele Ramalho.
A programação teve  início domingo (20), com a apresentação do grupo folclórico do Maranhão ‘Boi Brilho de Lucas’. 
No dia  (21), no Centro Municipal de Artes Calouste Gulbenkian, ocorreu a abertura oficial  que deu início ao seminário e às atividades artísticas, como mostra de filmes, shows (Baile Black com DJ Marcello B Groove e show de BNegão), contação de histórias e teatro adulto. 


Durante este período de atividades serão apresentados espetáculos “The Island”, da Cia do griô Hassane Kouyaté, Deux Temps Trois Mouvements (Dois Tempos Três Movimentos), hoje´dia 24, às 18h, e “Besouro Cordão de Ouro”, no dia 25, às 20h, com a direção de João das Neves. 






Entrada franca

 FonTe: SMC/RJ BUREAL POLCOMUNE

Nenhum comentário: