terça-feira, 29 de maio de 2012

Brasil é sede do Fórum Ministerial de Desenvolvimento


De hoje  terça (29) a quinta-feira (31), o Brasil será sede do Fórum Ministerial de Desenvolvimento. É a primeira vez que o país sediará o evento. Em sua quinta edição, o fórum reunirá representantes de 30 nações dos continentes americano e africano, na Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), em Brasília, para debater temas sociais e econômicos.
O fórum será aberto às 15h, com as boas-vindas de Tegegnework Gettu e Heraldo Muñoz, subsecretários-gerais da Organização das Nações Unidas (ONU) e diretores regionais do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) para África e América Latina e Caribe, respectivamente.
Logo após, a ministra do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello, o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, o secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda, Márcio Holland, a secretária-geral adjunta da ONU e Administradora do PNUD, Helen Clark, e o secretário-geral de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento do Ministério das Relações Exteriores e Cooperação da Espanha, Gonzalo Robles, fazem a abertura do fórum.
No primeiro dia, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo, ex-secretário de Política Econômica do Ministério da Fazenda e professor da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), fará palestra sobre “A economia mundial e os desafios dos países em desenvolvimento”. Em seguida, a ex-ministra de Planejamento do Chile Clarisa Hardy abordará o tema “Tributação para políticas sociais de superação da pobreza e das desigualdades”.
Depois, a ministra Tereza Campello falará sobre a experiência brasileira na luta contra a pobreza, sendo seguida por Ato Ahmed Shide, ministro das Finanças e Desenvolvimento Econômico da Etiópia, que tratará da experiência africana sobre este mesmo tema.

Contexto da visita
Durante os três dias, os ministros encarregados das políticas sociais de diversos países discutirão soluções sustentáveis para enfrentar desafios como a pobreza, exclusão social, déficit de educação e saúde e desemprego.
Nas quatro edições anteriores, o fórum foi realizado em Nova Iorque (EUA). O Brasil foi escolhido para sediar a quinta edição do evento em razão do êxito de políticas públicas como o Bolsa Família, a estratégia Fome Zero (reconhecida mundialmente como eficaz no combate à pobreza) e mais recentemente o plano de superação da extrema pobreza Brasil Sem Miséria.
O V Fórum Ministerial de Desenvolvimento é uma realização conjunta do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento com apoio da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID).

Fonte : PNUD

Nenhum comentário: