quinta-feira, 18 de abril de 2013

Projeto que divulga importância das folhas em tradições de matriz africana e na medicina popular começa com ótima aceitação em MG

Projeto que divulga importância das folhas em tradições de matriz africana e na medicina popular começa com ótima aceitação em MG

Novas oficinas acontecerão em data a ser divulgada na comunidade Bakise Bantu Kasange, em Mateus Leme (MG), em projeto selecionado pela SEPPIR



Foi de grande aceitação a primeira oficina do projeto Nguzo Kinsaba - O poder das folhas, contemplado na Chamada Pública 01/2012, realizada pela da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (SEPPIR) no ano passado. A comunidade tradicional Bakise Bantu Kasanje, localizada na cidade de Mateus Leme (MG), recebeu cerca de 60 pessoas, que assistiram a exposições sobre a importância das folhas na medicina e nas tradições de matriz africana.
Com recursos da ordem de R$ 100 mil, o Nguzo Kinsaba - O poder das folhas tem como objetivo principal a capacitação e criação de uma rede ritual, econômica e fitoterápica nas casas tradicionais mineiras em quatro oficinas temáticas. As oficinas são abertas para toda a comunidade, com enfoque especial nos representantes de povos tradicionais de matriz africana, com idade a partir de 14 anos.
Tatetu Arabomi, Doné Sandra de Vodun
Jó e Ialorixá Deise Lisboa de Oyá
“As pessoas se mostraram bem interessadas na temática, fizeram perguntas e interagiram com entusiasmo, principalmente nas demonstrações dos produtos fitoterápicos, tais como os óleos essenciais, extratos de ervas aromáticas, sabão à base de ervas e as pomadas. Também atraiu atenção o conteúdo relacionado à parte litúrgica e a utilização dos remédios caseiros”, conta o responsável pelo projeto e pelo centro tradicional, Tatetu Arabomi.
Ao longo das próximas oficinas, com datas ainda não divulgadas, serão trabalhados 16 tipos de ervas comuns aos ritos da tradição e aos remédios caseiros, entre elas a alfavaca, o alecrim, o guaco, o manjericão, o boldo, a erva-de-São-João, a macela, erva cidreira. Essas ervas serão apresentadas aos participantes e, ao final das oficinas, eles também receberão mudas para o plantio em suas comunidades. 

SERVIÇO
Projeto Nguzo Kisaba – Selecionado pela Chamada Pública 01/2012 da SEPPIR
Sítio Arabomi Rua Bouganville 38, Bairro Atalaia, Mateus Leme-MG 
Mais informações: (31) 9983-5827 
 

Nenhum comentário: