sexta-feira, 26 de abril de 2013

Mulheres Quilombolas Participam de Capacitação Contra Violência e Preconceito ate Junho


Mulheres quilombolas terão capacitação em gênero, raça, violência doméstica, saúde da mulher quilombola e feminização da Aids para serem multiplicadoras e combater situações de violência doméstica e preconceito étnico-racial em suas comunidades.
A ação faz parte do Projeto de Capacitação para Comunidades Quilombolas com Enfoque Étnico Racial no Enfrentamento a Violência contra a Mulher, executado pela Secretaria de Estado da Mulher, da Cidadania e dos Direitos Humanos, por meio da Superintendência da Promoção dos Direitos e de Políticas para a Mulher, em convênio com a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM/PR).
O curso esta sendo será realizado no Cenfor (Centro de Formação dos Profissionais da da Educação). As participantes foram divididas em quatro turmas: a primeira começou nesta terça-feira (23) e segue até hoje o dia 26 (sexta-feira). As aulas da segunda turma acontecem no período de 14 a 17 de maio. A terceira turma tem aulas de 21 a 24. Já as aulas da quarta turma serão realizadas de 4 a 7 de junho.
Durante o curso serão apresentados temas como: proteção dos direitos sexuais e reprodutivos e feminização da AIDS; mulher negra, saúde e educação antirracista: um direito e dever do Estado às mulheres quilombolas; gênero, raça e relações de poder: a relação de gênero no contexto da sociedade brasileira e alagoana; racismo institucional: efeitos e consequências para as mulheres nos diversos espaços da sociedade; história da violência exercida contra a mulher: formas de violência e sua contextualização atual.
O projeto faz parte das ações do Pacto Nacional pelo Enfrentamento da Violência contra a Mulher em Alagoas e realizará entre os meses de abril e junho um curso para mulheres de 50 comunidades quilombolas de todo o Estado de Alagoas. O trabalho vem sendo desenvolvido através de visitas a todas as comunidades contempladas no projeto pela equipe técnica, onde foram mobilizadas e selecionadas as mulheres que irão participar da capacitação.



Nenhum comentário: