segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Inditex aumenta benefícios e denúncias de vulneraçons de direitos laborais


A semana passada forom feito públicos os benefícios alcançados polo grupo Inditex no último semestre fiscal. Impulsionado polo crescimento do negócio na Ásia, Inditex logrou uns benefícios netos de 944 milñhons de euros, un 32% mais que no mesmo periodo do ano anterior.
Os abultados benefícios do grupo téxtil crescem ao mesmo ritmos que as denúncias de vulneraçons de direitos laborais por todo o mundo. Se anteriormente forom feitas públicas as condiçons de semi-escravatura en oficinas abastecedoras de Zara no Brasil, agora dam-se a conhecer as graves vulneraçons dos direitos laborais mais básicos em Marrocos.
Estas últimas denúncias partem da campanha Roupa Limpa, que procura melhorar as precárias condiçons de vida e trabalho das mulheres empregadas nos talheres textis em Tánger. No marco desta campanha elaborou-se o informe “A moda espanhola en Tánger: trabalho e supervivência das obreiras da confecçom”, que denúncia mais de 65 horas de trabalho à semana por menos de 180 euros mensais.
A recurrente utilizaçom da tercerizaçom em condiçons de trabalho mais que precárias nom som exclusivas de Inditex. O informe alerta de que outras empresas espanholas do setor, tais como El Corte Inglés ou Cortefiel, recurremàs mesmas práticas.

Fonte e texto : Primeira Linha 

Nenhum comentário: