quinta-feira, 21 de junho de 2012

Na Rio+Social, Diretor Executivo do UNICEF e Daniela Mercury falam sobre uso das mídias sociais para sustentabilidade socioambiental e direitos da infância



As mídias sociais são ferramentas que têm contribuído para a estratégia do UNICEF de promoção e garantia dos direitos de crianças e adolescentes em todo o mundo. E foi justamente sobre essa estratégia que Anthony Lake, Diretor Executivo do UNICEF, e Daniela Mercury, Embaixadora do UNICEF no Brasil, falaram durante a Rio+Social, evento paralelo à Rio+20.

“O UNICEF está usando as mídias sociais de diversas maneira. Tradicionalmente, temos usado-as para chamar a atenção de questões que, de outra forma, não teriam atenção suficiente, para tentar promover mudanças de comportamento e, claro, para levantar fundos para nossas ações e projetos”, disse Anthony Lake.

Durante sua fala, o Diretor Executivo ressaltou algumas ações bem-sucedida de mídias sociais desenvolvidas pelo UNICEF, como a estratégia para chamar a atenção para a crise alimentar na região do Sahel, na África. “No Sahel, mais de um milhão de crianças sofrem de desnutrição severa, o que significa que elas podem morrer a qualquer momento. As mídias tradicionais simplesmente não têm prestado muito atenção para isso. Por esse motivo, nós temos usados as mídias sociais e já comunicamo-nos com cerca de 160 milhões de pessoas em todo o mundo sobre o problema na região. Há 10 anos, isso não seria possível”, explicou Anthony Lake.

Trabalhando junto com os Embaixadores – Juntamente com Anthony Lake, participou da rodada de debates, mediada pelo jornalista Amigo da Criança Gabriel Grossi, a cantora Daniela Mercury, Embaixadora do UNICEF no Brasil desde 1995. Ela falou como usa as mídias sociais para se comunicar com seus fãs e como essas ferramentas de comunicação a ajudam a desempenhar seu trabalho de promover os direitos da criança e do adolescente.

“Eu falo muito sério no meu twitter. Inclusive, nas minhas músicas, que são muito alegres ritmicamente, eu acabo falando de temas sociais”, disse Daniela. “Eu procuro manter uma interlocução com os meus fãs nas redes sociais e os provoco a ser atuantes nessa área. Eles acabam sendo também embaixadores da causa da infância”, completou.

Anthony Lake destacou também a importância das centenas de embaixadores internacionais, regionais, nacionais e outras celebridades que vêm apoiando a atuação do UNICEF ao longo dos anos em todo o mundo. “Nossos embaixadores, como Daniela, estão fazendo um trabalho maravilhoso nas redes sociais. Por exemplo, Mia Farrow vai para situações de emergências e usa as mídias sociais para contar o que está acontecendo com as crianças nessas circunstâncias horríveis. Shakira e Selena Gomez estão usando suas redes de seguidores para chamar atenção para o Sahel. O resultado é mais vacina, mais meninas na escola, mais crianças sendo nutridas”, comemorou o Diretor Executivo.

Daniela, em seu papel de Embaixadora, aproveitou o momento para levar às pessoas que lotavam o auditório do evento um mensagem sobre sustentabilidade. “A gente não preciso só de tecnologias limpas, mas de ideologias limpas. A gente precisa de escolas que realmente ensinem para que a gente possa ter pessoas capazes de lutar por si mesmas. E com certeza as mídias sociais são uma forma importante para conseguimos isso”, disse a Embaixadora.

Nenhum comentário: