quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Criança negra torna-se a pessoa mais jovem a criar um jogo de vídeo móvel


s-ZORA-BALL-large
Aos 7 anos de idade, Zora Ball tornou-se a pessoa mais jovem para criar um jogo de vídeo móvel. O aplicativo foi apresentado na Universidade de Pensilvânia Expo Bootstrap no mês passado, segundo relato do jornal americano Philadelphia Tribune.

 A jovem Bola desenvolveu o jogo usando o Bootstrap, uma linguagem de programação que geralmente é ensinada aos estudantes com idades entre 12 e 16 anos, para ajudá-los a aprender conceitos de álgebra por meio de desenvolvimento de jogos de vídeo. De acordo com o blog Mashable, Ball também refez o aplicativo quando solicitado a fazê-lo na Expo, silenciando qualquer um que poderia ter pensado que seu irmão mais velho a ajudou a programar o jogo.
Os funcionários Harambee Instituto de Ciência e Tecnologia, onde Bola faz o primeiro grau em um programa chamado STEMnasium, que funcioan após o horário escolar, antecipou que ela vai fazer grandes coisas no futuro."Estou orgulhoso de todos os meus alunos", Tariq Al-Nasir, que lidera o programa. "Sua dedicação a este programa é fenomenal, e eles vêm para a aula todos os sábados, incluindo os intervalos de férias."
No ano passado, o portal Huffington Post escreveu sobre Kelvin da Silva, de 13 anos, de Serra Leoa, que criou baterias e geradores, utilizando materiais que aprendeu em casa. Três anos depois, ele se tornou a pessoa mais jovem a ser convidado para visitar um programa de treinamento do MIT 

Do Huffington Post, com tradução do CORREIO NAGÔ.

Nenhum comentário: