segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Estrela do Cinema a Indiana Priyanka Chopra fala sobre estrupo na Índia .


158012436 681x1024 Miss Mundo 2000 expressa sua revolta contra estupro coletivo na Índia Só aumenta a revolta contra o estupro coletivo ocorrido no último dia 16 de dezembro, em Nova Déli, na Índia.
A barbárie aconteceu dentro de um ônibus e a vítima foi uma estudante de 23 anos. Seis homens estupraram e espancaram a jovem, e em seguida a jogaram nua para fora do veículo em movimento.
Ela foi transferida para um hospital de Cingapura devido à gravidade dos ferimentos no intestino, mas não resistiu e morreu no último dia 29.
Nova Déli já era conhecida como a "capital do estupro" antes do caso, que gerou comoção nacional. Apesar da repressão aos protestos, os manifestantes não param. Em luto, o país até cancelou as celebrações de Ano Novo.
Algumas celebridades de Bollywood também têm mostrado sua indignação, até porque o caso do estupro coletivo colocou o cinema indiano no alvo das críticas. É que, investigando o que pode ter gerado tal violência, muita gente aponta que Bollywood influencia negativamente a sociedade indiana ao retratar as mulheres como objetos sexuais, além de mostrar mocinhos que jamais aceitam um "não" das mocinhas.
Uma das maiores estrelas do cinema local, a indiana Priyanka Chopra, que foi miss Mundo em 2000, tuitou sobre o assunto:
— É tão assustador que uma mulher independente, em seu próprio país, não possa pegar um ônibus sem o medo de ser atacada. Este não é um crime apenas contra as mulheres, é um crime contra a sociedade.
Ela prosseguiu:
— Uma mulher não é estuprada por estar fora de casa à noite, ou usando um vestido curto, ou bebendo... Ela é estuprada porque ALGUM maldito A ESTUPROU! E não há desculpa ou explicação para isso! Isso é a 'Índia Brilhante'? Aliás, isso é a Índia? Onde está o medo da lei? Do governo? É vergonhoso!

Fonte: G7

Nenhum comentário: