quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Governo do Rio Grande do Sul cede terreno da Casa da Mulher Brasileira à SPM

Ação possibilitará integração de serviços para população gaúcha
 
Casa da Mulher Brasileira do Rio Grande do Sul já tem o terreno garantido. Foi assinado em Brasília, nessa terça-feira (25/02), o termo em que o governo do Estado cede à União, por meio da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), uma área de oito mil m² em Porto Alegre para a construção da unidade.
 
A ministra Eleonora Menicucci, da SPM, assinou o termo de cessão de uso e destacou a importância da parceria para o êxito do programa. “Esse terreno fica em uma ótima localização e concretiza as ações do programa ‘Mulher, Viver sem Violência’ no Estado”, declarou a ministra. A área se localiza na av. Baltazar de Oliveira Garcia, nº 2132.
 
“Desde o lançamento do programa, vivemos uma grande expectativa. Já estamos mobilizando mulheres líderes comunitárias para que elas possam indicar a Casa a quem precise”, comentou a secretária de Políticas para as Mulheres do Rio Grande do Sul, Ariane Leitão.
 
Segundo o secretário de Administração do Estado, Alessandro Barcellos, na área próxima ao terreno da Casa também serão integrados outros serviços envolvendo os Territórios de Paz, que levam cidadania aos moradores de Porto Alegre, além de serviços médicos.
 
A Casa é um dos eixos do programa ‘Mulher, Viver sem Violência’, lançado pela presidenta Dilma Rousseff em março de 2013.
 
Clique aqui e saiba mais sobre essa ação da SPM.

Nenhum comentário: