quinta-feira, 26 de abril de 2012

45ª Sessão da Comissão de População e Desenvolvimento do Conselho Econômico e Social (ECOSOC) das Nações Unidas


De 23 a 27 de abril, encontro reúne representantes de 47 países. Estão em debate: Programa de Ação Mundial para a Juventude, saúde sexual e reprodutiva na adolescência e juventude.
Acontece até esta sexta-feira (27/4), em Nova Iorque, a 45ª Sessão da Comissão de População e Desenvolvimento do Conselho Econômico e Social (ECOSOC) das Nações Unidas. A delegação brasileira é composta pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), Secretaria Nacional da Juventude, vinculada à Secretaria-Geral da Presidência da República, e ministérios da Saúde, do Trabalho e Emprego e das Relações Exteriores.
Pela SPM, o grupo é formado pela subsecretária de Planejamento e Gestão Interna, Tatau Godinho, a assessora especial, Sônia Malheiros, e a coordenadora da Área de Saúde, Elizabeth Saar. O encontro tem a participação 47 países, que compõem a Comissão, e de 500 organizações não governamentais. Sob o tema “Adolescente e Juventude”, estão em debate assuntos como Programa de Ação Mundial para a Juventude,  saúde sexual e reprodutiva de adolescentes e juventude, em especial meninas e mulheres jovens. 
Nesta terça-feira (24/4), a sessão foi marcada por discussões acerca das relações de gênero. “Na apresentação dos países fica evidente a necessidade de ampliação dos direitos da juventude nos distintos países e, ao mesmo tempo, o quanto a desigualdade entre mulheres e homens faz com que meninas e mulheres jovens encontrem mais dificuldades e empecilhos para construção de sua autonomia pessoal em todos os âmbitos da vida”, explicou a subsecretária Tatau Godinho.


PREVENÇÃO DA VIOLÊNCIA SEXUAL - Na abertura do evento, que ocorreu na segunda-feira (23/4), o secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, alertou sobre a necessidade de fornecer cuidados de saúde reprodutiva para a juventude e prevenir a violência sexual. Ele também pediu aos atores internacionais para ampliar o acesso à educação, alimentação adequada e emprego, referindo-se à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável – Rio +20, que acontecerá em junho no Brasil. Segundo Ban, a conferência será uma oportunidade para os países renovarem seu compromisso de tratar questões relevantes para a juventude.

“Estamos a dois meses de um teste. O mundo se reunirá para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável no Rio de Janeiro. Esta será a nossa chance, nesta geração, de avançar com os Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) para o bem do nosso planeta e de seus habitantes”, disse o secretário-geral da ONU acrescentando que 16 milhões de adolescentes tornam-se mães a cada ano e que, todos os dias, mais de 2.000 jovens contraem o vírus HIV. “Temos uma responsabilidade coletiva em reduzir esses números”, completou.


Fonte: Comunicação Social - Secretaria de Políticas para as Mulheres / Presidência da República

Nenhum comentário: