sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Levantamento mostra de 41,5% das mulheres negras nunca fizeram mamografia


No mes da Consciência Negra, a Comissão de Seguridade Social e Família da Câmara dos Deputados abre espaço para debater a saúde da população negra no Brasil. Segundo dados da Secretaria Especial de Promoção da Igualdade Racial da Presidência da República (Seppir), 70% dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) são negros. Apesar disso, a população negra tem desvantagem em praticamente todos os indicadores de saúde.

De acordo com a secretária de Ações Afirmativas da Sepir, Ângela Nascimento, 41,5% das mulheres negras com mais de 40 anos nunca fizeram mamografia contra 26,7% das mulheres brancas com a mesma idade. A desigualdade se estende a outros exames. 

O racismo é apontado como a causa para essa diferença de tratamento. Para superar o preconceito uma série de ações vem sendo postas em prática desde 2009. Entratanto, segundo ela, um dos desafios é tornar estas políticas conhecidas pela própria população. 

Fonte: Camara.

Nenhum comentário: