sexta-feira, 15 de novembro de 2013

Parlamento turco suspende proibição de uso de calças pelas deputadas


O fim da proibição de usar calças foi aprovado na quarta-feira graças ao apoio do Partido da Justiça e Desenvolvimento (AKP), o partido islamita conservador no poder. A decisão foi tomada depois que Safak Pavey, uma deputada da oposição que tem uma perna e um braço artificiais, se queixou de ser obrigada a usar saias no parlamento.
               O AKP do primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan tem a maioria dos 550 assentos no parlamento (327 deputados, 79 deles mulheres).
               No final de Outubro, quatro deputadas do AKP apresentaram-se no Parlamento com o véu tradicional, rompendo um tabu neste país oficialmente laico.

Fonte: ANGOP
    

Nenhum comentário: