sexta-feira, 7 de julho de 2017

Rimas & Melodias e Luana Hansen , destacam o mês da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha

 Grupo Rimas & Melodias
A pequena participação das mulheres no comando da indústria cultural no Brasil e, infelizmente, a fatia ainda menor de mulheres negras à frente das produções culturais é o tema central da discussão proposta pela equipe Tsika Cultural, formada por mulheres negras.

A reflexão proposta pelas empreendedoras acontece justamente na comemoração do mês da Mulher Negra Latino Americana e Caribenha. 

“ A cidade costuma receber grandes eventos e a maioria é promovida por produtoras culturais que colocam poucas profissionais negras nos projetos, esta invisibilidade restringe a atuação de muitas colegas de trabalho e essas, acabam por atuar muito mais nos ambientes periféricos e de pequeno porte, isso quando não precisamos de fomento cultural”, diz Jully Gabriel, integrante da Tsika que divide a direção com Lúcia Udemezue e Nina Vieira.

Segundo a Tsika Cultural, produtora criada em 2009,  e importante discutir a desigualdade trabalhista que nos afeta mais as mulheres negras que o restante da população. "Ressaltar as grandes conquistas que a Tsika e outras produtoras com mulheres pretas a frente dos negócios é uma forma de dar visibilidade a essas importantes mulheres que o ano todo vem produzindo grandes ações e disputando espaços com produtoras culturais majoritariamente brancas e masculinas", disse Jully.

No dia 15, às 21h30, se apresentam no palco do Sesc Belenzinho o grupo Rimas & Melodias, formado por  Alt Niss, Drik Barbosa, Karol de Souza, Stefanie, Tássia Reis, Tatiana Bispo e DJ Mayra Maldjian. Juntas desde 2015, elas promovem um diálogo potente entre rap, r&b e neo soul, com a proposta de desconstruir moldes e fortalecer a presença feminina, sobretudo a negra, no hip hop, na música, na sociedade”.

Já no dia 22, mesmo horário e no mesmo palco, é a vez de Luana Hansen se apresentar com banda e as convidadas: Preta RaraMama Lion e o Rap Plus Size, todas elas renomadas artistas periféricas  que têm enfrentado o sistema e estabelecido carreiras importantes dando voz a pautas e causas.

"Em meio às comemorações dessas duas importantes conquistas para a Tsika Cultural e para as artistas negras que compõem o casting, contamos com a surpresa de saber que a Movimentar, mais uma produtora de mulheres negras, trará pela primeira vez ao Brasil, a dupla nova-iorquina Oshun", disse Jully.

A produtora Movimentar Produções Artísticas está à frente da turnê e para fazer jus ao mês da Mulher Negra Americana Latino e Caribenha e ao debate proposto pela Tsika Cultural contrataram somente mulheres negras para trabalhar nos eventos.


O Grupo Rimas & Melodia é formado por sete garotas ,Stefanie, Drik Barbosa, Tatiana Bispo, Alt Niss, Mayra Maldjian, Karol de Souza e Tássia Reis e tem como proposta desconstruir moldes e conceitos para fortalecer a presença feminina –sobretudo a negra– no hip hop, no cenário musical, na sociedade. Quem ganha com isso é música e o público que aguarda ansioso o lançamento do primeiro EP do grupo.

Nenhum comentário: