terça-feira, 15 de outubro de 2013

Seminário Internacional : “Saúde, Adolescência e Juventude: promovendo a equidade e construindo habilidades para a vida”


Com o tema “garantindo direitos para que adolescentes e jovens escolham a sua hora”, evento acontece entre os dias 16 e 18, reunindo cerca de 250 participantes brasileiros e estrangeiros que vão debater sobre a importância de políticas, ações e programas em saúde para o público em questão. A SEPPIR é parceira da atividade.

A Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR) é uma das entidades parceiras do Seminário Internacional “Saúde, Adolescência e Juventude: promovendo a equidade e construindo habilidades para a vida”, que acontece de 16 a 18 de outubro, em Brasília-DF, organizado pelo Ministério da Saúde. O evento será transmitido pela Internet. Participam cerca de 250 convidados de 13 países (Argentina, Colômbia, Cuba, El Salvador, Equador, Etiópia, Guiana, Moçambique, Nigéria, Peru, Tailândia, Uruguai e Venezuela), além do Brasil. Na programação, estão previstas duas conferências e a realização de onze sessões de trabalho, além de espaços para encontros estratégicos entre os participantes do Brasil e do exterior. Com o tema “garantindo direitos para que adolescentes e jovens escolham a sua hora”, o evento vai abordar a construção de habilidades entre adolescentes e jovens para a tomada de decisões voluntárias no exercício da sexualidade e vida reprodutiva, com foco nos direitos sexuais e reprodutivos . O objetivo é promover a troca de conhecimentos e boas práticas entre especialistas, gestores, profissionais e lideranças juvenis sobre a importância da saúde, em especial a saúde sexual e reprodutiva. O seminário é voltado a lideranças jovens atuantes na área entre as três esferas de governo; profissionais e gestores dos setores de saúde, juventude, educação, justiça, direitos humanos, desenvolvimento social, igualdade racial e políticas para mulheres; pesquisadores; representantes dos conselhos de direitos; representantes da Comissão Nacional de População e Desenvolvimento; sociedade civil; operadores de direito; setor privado; e organizações internacionais. As participantes debateram o aprimoramento institucional (no setor saúde e demais setores) para o reconhecimento e inclusão das necessidades e expectativas em saúde de adolescentes e jovens nas políticas, ações e programas, bem como o monitoramento e avaliação de políticas para adolescentes .  A  parceria estabelecida com o Governo Brasileiro é parte dos esforços globais do UNFPA no âmbito da estratégia “Reconhecendo o Potencial da População Jovem”.

Realização -
 O evento é organizado pelo Ministério da Saúde, como iniciativa da Coordenação de Saúde de Adolescentes e Jovens (ASAJ), do Departamento de Ações Programáticas Estratégicas (DAPES), da Secretaria de Atenção à Saúde (SAS); Secretaria Nacional de Juventude (SNJ); e Fundo de População das Nações Unidas (UNFPA). 
Além da SEPPIR, apóiam a ação, o Governo do Distrito Federal (Secretaria de Saúde, Secretaria de Cultura e Fundo de Apoio à Cultura) e entidades parceiras, como a Secretaria de Políticas para Mulheres (SPM), Secretaria de Direitos Humanos (SDH), Ministério da Educação (MEC), Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS), Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e Universidade Católica de Brasília, além de redes de organizações da sociedade civil que trabalham com temas de juventude.

Confira a programação em: http://portal.saude.gov.br/portal/arquivos/pdf/programacao_seminario.pdf 

Nenhum comentário: