segunda-feira, 1 de junho de 2015

8º Encontro de Cinema Negro no Brasil


O Cine Odeon, localizado na Cinelândia, região central do Rio, recebe o 8° Encontro de Cinema Negro Brasil, África e Caribe Zózimo Bulbul. A mostra traz uma seleção de 33 filmes de afro-brasileiros, e outros 30 filmes de africanos e da diáspora, oriundos da África, Estados Unidos, Caribe e Europa.
Uma das convidadas, a cineasta brasileira Sabrina Fidalgo, que exibiu  o documentário musical “Rio Encantado”, acha que ainda há poucas mulheres negras no meio cinematográfico, mas este cenário já começa a mudar. “Há um grupo de mulheres, como eu, colocando o pé na porta e entrando com tudo na área. Nos falta incentivo, mas isso já está melhorando”. Segundo ela, por ser um setor que demanda tempo e dinheiro, pode remeter a um nicho elitista, o que aumenta a importância de figuras como ela neste cenário. “É importantíssimo termos grupos de resistência. Mulheres negras que trabalham com audiovisual ainda são uma minoria, então servimos como um incentivo para jovens negros que desejam entrar no mercado”, afirmou.
A cineasta americana Yoruba Richen, produtora do documentário “The New Black”, e que também fará parte do evento, concorda com a brasileira, e reitera que “o número de produtoras negras e mulheres cresceu bastante, mas ainda não pode ser considerado o suficiente”.
O 8° Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul acontece entre os dias 28 de maio e 3 de junho, no Cine Odeon, na Cinelândia, e no MAR Museu de Arte do Rio (MAR), na Praça Mauá, região central do Rio. O nome do evento é uma homenagem ao ator, diretor e autor Zózimo Bulbul, que faleceu em janeiro de 2013, vítima de um câncer no colo do intestino. Ele foi o primeiro protagonista negro de uma novela brasileira.
 A programação pode ser vista em : http://afrocariocadecinema.org.br/
Programacao_frente2

Nenhum comentário: