quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Abertas as inscrições para a 2ª edição do curso Jornalismo e Direitos Humanos

Curso_DHeJor_01
Promovido pela Conectas em parceria com Oboré, Abraji e Sindicato dos Professores de São Paulo, curso é um dos módulos do Projeto Repórter do Futuro; inscrições vão até 30 de setembro
Como é a realidade das prisões brasileiras? Qual a importância das Nações Unidas e da OEA (Organização dos Estados Americanos) para os direitos humanos e como o Estado brasileiro reage a denúncias de violações nestes órgãos? Qual o tamanho do fluxo de migrantes e refugiados no Brasil e como são as leis que os regulam? Por que os medicamentos essenciais para a saúde são tão caros? ​E, sobretudo, qual o papel do jornalismo nisso tudo?
Estudantes universitários da graduação de jornalismo e de outras áreas do conhecimento interessados em compreender e cobrir estas e outras pautas podem se inscrever, até 30/9, no II Curso de Informação sobre Jornalismo e Direitos Humanos.
Os 20 alunos selecionados participarão de palestras e entrevistas coletivas com especialistas ao longo dos meses de outubro e novembro de 2015. O curso alia a prática reflexiva da cobertura jornalística com o conhecimento teórico de temas de direitos humanos.
Promovido pela Conectas em parceria com OBORÉ, Abraji – Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo e Sinpro-SP – Sindicato dos Professores de São Paulo, o curso é um dos módulos do Projeto Repórter do Futuro e conta com a coordenação pedagógica do jornalista João Paulo Charleaux.
O encontro de confraternização e seleção será realizado no dia 3/10, às 9h, na Matilha Cultural, em São Paulo. Além de assistir uma palestra de Jessica Carvalho Morris, diretora Executiva da Conectas, os candidatos realizarão um teste escrito. A lista com os 20 estudantes selecionados será publicada no dia 9/10.
Metodologia
Os encontros, sempre aos sábados, cumprirão a seguinte rotina: serão 30 minutos de reunião de pauta entre os alunos e o coordenador pedagógico; uma hora de palestra com os especialistas, seguida de uma hora de entrevista coletiva; e, por fim, 30 minutos para um balanço sobre a dinâmica do dia, novamente entre o coordenador e os estudantes. Na sequência, os alunos devem redigir um texto noticioso sobre o tema do encontro.
Serão oferecidos, ainda, atendimentos semanais individuais com jornalistas e professores com o objetivo de prestar orientação textual e jornalística personalizada. Também será possível avaliar, durante essas monitorias, as qualidades a serem potencializadas e problemas a serem trabalhados por cada aluno.
Pacto de reembolsa
Para medir o empenho real de cada participante, o projeto trabalha com o método da “Reembolsa”: os alunos pagam o valor de um salário mínimo no momento da matrícula, mas recebem o dinheiro de volta ao final do curso se: 1) participarem de tod​os os encontros; 2) participarem de ao menos um atendimento individual; 3) produzirem todas as matérias semanais na sequência de cada encontro; 4) Publicar ao menos uma matéria relacionada ao tema em qualquer veículo de comunicação que possua um editor responsável.
A metodologia do Projeto Repórter do Futuro é resultado de uma experiência de mais de 20 anos na realização de cursos de complementação universitária.

Programação
Todos as atividades, com exceção do encontro de seleção e da oficina sobre metodologias de estudo, serão realizados na sede da Conectas (Av. Paulista, 575 – 19o andar).
Mais informações:
Oboré Projetos Especiaisreporterdofuturo@obore.com(11) 2847-4567

Nenhum comentário: