quinta-feira, 17 de julho de 2014

Inscrições abertas para o 10º Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero

O edital da premiação foi publicado no Diário Oficial da União desta sexta-feira (20)
Estão abertas as inscrições para a 10ª edição do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero. O concurso selecionará redações, artigos científicos e projetos pedagógicos de escolas públicas e privadas que tratem dos temas de gênero, mulheres, feminismos, relações raciais, geração, classe social e sexualidade.

 O edital do concurso foi publicado, nesta sexta-feira (20/6), no Diário Oficial da União.
O prazo termina em 28 de novembro de 2014 e os trabalhos devem ser inscritos no site do concurso. A previsão de divulgação do resultado é até 29 de maio e a cerimônia de entrega do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero será realizada até 30 de junho de 2015, em Brasília.
A iniciativa tem como objetivo estimular a produção científica e a reflexão crítica acerca das desigualdades entre mulheres e homens. Os trabalhos que se destacarem receberão premiações, tais como notebooks e equipamentos de informática (para estudantes de ensino médio), bolsas de iniciação científica, mestrado e doutorado, de acordo com as normas do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).
Atualmente, a premiação contempla cinco categorias: estudante do ensino médio; estudante de graduação; graduado, especialista e estudante de mestrado; mestre e estudante de doutorado; e escola promotora de igualdade de gênero. Os autores recebem valores em dinheiro, bolsas de estudos, equipamentos de informática e assinaturas de revistas acadêmicas.
Cada categoria segue pré-requisitos específicos. No caso dos estudantes de graduação é preciso enviar a ficha de inscrição preenchida, currículo atualizado em Plataforma Lattes, artigo científico elaborado pelo estudante durante o curso de graduação, além do resumo do artigo, que deve possuir entre 500 e 1.000 palavras.

Sobre o Prêmio - Após nove edições, o concurso já recebeu mais de 26 mil inscrições e premiou diversas redações e artigos científicos em todas as faixas educacionais consideradas para premjiação. Na 9º edição, foram 2.031 inscrições.
O concurso é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SPM-PR), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, por meio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (MCTI/CNPq), do Ministério da Educação (MEC) e da ONU Mulheres – Entidade das Nações Unidas para o Empoderamento das Mulheres e a Igualdade de Gênero.

Assista ao vídeo de divulgação


Fonte: SEPPIR

Nenhum comentário: