terça-feira, 12 de julho de 2016

Ex Ministra Luíza Helena Bairros faleceu esta manhã em Porto Alegre

É com muita tristeza que informamos que Luiza Helena Bairros, 63 anos, faleceu esta manhã, 12 ,  em Porto Alegre.
Luiza teve todo o seu histórico de militância negra e feminista construído na Bahia
Para os movimentos sociais sobretudo os de mulheres e negros Luíza Bairros deixa reflexões fundamentais para compreensão e Ação politica pela igualdade de gênero e raça.
Para muitas mulheres negras,  Luíza foi responsável por diversas oportunidades conquistadas ao estar presente como gestoras na administração pública e na vida politica e partidária, uma fez que tais lugares estão predestinados para uma ampla maioria de homens e brancos .
A ex-ministra-chefe da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Luiza Bairros deixa diversas ações ações, ex:  Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial (Sinapir) uma ferramenta que segundo ela inaugura a possibilidade de um novo ciclo das políticas de promoção da igualdade racial no Brasil visando o fortalecimento e a institucionalização de órgãos, conselhos, ouvidorias permanentes e fóruns voltados para a temática nos estados e municípios.
Luiza Bairros e Conceição Leal MG 
Luiza Bairros considerava que o Sinapir exige  um esforço especial de gestores e gestoras no sentido da institucionalização dos órgãos de Promoção da Igualdade Racial (PIR). Segundo ela: “Não existe qualquer possibilidade de uma política pública ser bem-sucedida se o trabalho não for desenvolvido com os entes federados, porque é dessa maneira que se consegue que a política chegue às pessoas. Os resultados desse esforço vão depender também do empenho de governadores e prefeitos na compreensão da política de PIR.”
Natural de Porto Alegre, era graduada em Administração Pública e de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul além de possuir títulos de Mestre em Ciências Sociais (UFBA) e de Doutora em Sociologia (Universidade de Michigan – USA). Morava em Salvador desde 1979, onde atuou em diversos movimentos sociais, com destaque para o Movimento Negro Unificado – MNU.  Trabalhou em programas das Nações Unidas – ONU contra o racismo em 2001 e em 2005. Foi titular da Secretaria de Promoção da Igualdade Social da Bahia e Ministra-chefe da Secretaria de Políticas Públicas da Igualdade Racial do Brasil, de 2011 a 2014. Trabalhava e militava politicamente nas áreas de raça e gênero.
Fonte: GELEDEZ  / Foto : Mônica Aguiar 

Nenhum comentário: