sexta-feira, 3 de outubro de 2014

Rio de Janeiro tem 46% de candidatos negros à Câmara Federal

Com população estimada em 16,4 milhões pessoas, conforme o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o estado do Rio de Janeiro tem 12,1 milhões de eleitores. Só na capital, são 4,8 milhões de pessoas aptas ao voto. O município de São Gonçalo, na região metropolitana, com 678.379 eleitores, é o segundo maior eleitorado, seguido de Niterói, com 620.580 eleitores. Os menores são Macuco (6.560), São José de Ubá (6.946) e Laje do Muriaé, com 7.045 eleitores.
No estado, sete candidatos concorrem ao Palácio Guanabara. Dayse Oliveira, do PSTU, é a única mulher e também a única negra na disputa. Liliam Sá, do PROS, disputará com mais sete candidatos uma vaga ao Senado. Três deles se declararam pardos e um preto.
Para deputado federal, 1.080 candidatos concorrem a uma das 46 vagas na Câmara Federal. É a terceira maior bancada, atrás de São Paulo, com 70 deputados, e Minas Gerais, com 53. Do total de concorrentes, 332 são mulheres, o que corresponde à cota obrigatória de 30%. Um candidato se declarou da cor amarela, um indígena, 383 pardos e 114 pretos, totalizando 46% de candidatos negros no estado, pouco abaixo dos cerca de 51% de negros residentes.
Para a Assembleia Legislativa, 2.037 candidatos disputam 70 vagas, sendo 618 mulheres, também 30% da cota obrigatória. Do total, dois candidatos são indígenas, 43% negros, 623 pardos e 266 pretos.
De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), os 92 municípios fluminenses dispõem de 5.049 locais de votação, divididos em 32.675 seções efetivas. Este ano, o estado contará com 38.298 urnas eletrônicas. Dessas, 5.392 serão utilizadas somente se houver necessidade de substituição. Também serão usadas 214 urnas em 141 mesas de justificativa e 17 para voto em trânsito. Essa modalidade estará disponível em dez locais de votação, dois deles na capital: o Ministério da Fazenda e o Palácio Gustavo Capanema, ambos no centro. o TRE-RJ convocou 135.749 mesários.
No domingo (5), 6.702 eleitores fluminenses estarão fora, enquanto os de outras unidades que votarão para presidente no estado somam 7.490. Segundo o TRE-RJ, o município de Belford Roxo tem mais de 200 mil eleitores, mas não atingiu a cota mínima de 50 eleitores para instalação de uma urna para voto em trânsito. Na cidade, 48 pessoas se cadastraram para o primeiro turno e 46 para o segundo.
A identificação biométrica será utilizada nos municípios de Armação de Búzios, com 23.175 eleitores cadastrados desde 2010, e em Niterói, que terá 1.312 urnas com leitura de impressão digital. 
No fim de semana, o TRE-RJ  fiscalizará, com apoio da Secretaria de Segurança Pública, no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), na Cidade Nova, a propaganda ilegal na véspera e no dia da eleição. Serão 30 agentes da Coordenadoria de Fiscalização da Propaganda Eleitoral, que passarão, em tempo real para os fiscais, denúncias recebidas pelos telefones 2253-1177 (Disque-Denúncia) e 190 (Polícia Militar).
Fonte: EBC 
Foto Mônica Aguiar 

Nenhum comentário: