terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

A soprano Pumeza Matshikiza - Thula Baba


Das favelas sul-africanas para o mundo da ópera. A soprano Pumeza Matshikiza cresceu nas favelas da cidade do Cabo, na África do Sul. Hoje, ela canta na Ópera de Estugarda na Alemanha, o seu primeiro álbum foi gravado nos famosos estúdios Abey Road em Londres. Uma vida cheia de reviravoltas que serve de tema ao disco de estreia.

“O disco é uma reflexão sobre a minha viagem pessoal, das favelas da Cidade do Cabo para o mundo da ópera na Europa. Eu e o produtor tínhamos decidido incluir no álbum algumas canções africanas e algumas árias. Mas como sou sul-africana e fui muito influenciada pela música sul-africana acabei por incluir mais canções, especialmente porque é um projeto novo e estávamos a testar novos arranjos com a Orquestra Aurora”, contou a cantora.
A soprano sul-africana frequentou a escola nos últimos anos do Apartheid.
“Quando era jovem sabia que o ambiente em que vivíamos era totalmente louco. Como criança não me sentia em segurança, achava que me faltava algo, havia algo que eu não estava a viver. Frequentei a escola aqui, a Homba Public Primary School onde os professores eram apaixonados por música, claro que as condições de ensino eram más mas conseguimos prosseguir os estudos”, disse Pumeza Matshikiza.

Nenhum comentário: