quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

Bloco de Carnaval Afro Ilú Obá de Mim faz Homenagem para Elza Soares

SÃO PAULO - Por Mauricio Pestana 

Elza Soares, mulher negra que passou por várias atrocidades que as mulheres negras costumeiramente ainda são submetidas em nossa sociedade. Da violência doméstica a perda de um filho adolescente.


O que são Deuses ou Deusas segundo a mitologia grega ou nas religiões de matriz africana? São seres providos de poderes especiais nos quais os simples mortais estão distantes de compreender. 
Na mitologia grega eles viviam no Olimpo, um lugar distante onde podiam observar os mortais de cima para baixo. Já nas ancestrais religiões de matrizes africanas, esses Deuses viveram na terra, tinham sentimentos, defeitos e qualidades como qualquer mortal e o que os diferenciavam era a missão de se tornarem orixás protetores de um povo que sofre e clama por justiça há séculos.
Destas duas teorias prefiro ficar com uma terceira: a de que esses deuses e deusas ainda vivem entre nós, disfarçados de artistas, operários ou camponeses e de forma simples ou explosiva, em passagens curtas ou longas, transitam por esse planeta para impactar, deixando suas mensagens para poucos ou para uma multidão. 
Uma dessas deusas disfarçadas de mortal será homenageada nesse carnaval. Mulher negra que passou por várias atrocidades que as mulheres negras costumeiramente ainda são submetidas em nossa sociedade. Da violência doméstica a perda de um filho adolescente. Do convívio com companheiro alcoólatra a solidão de chefiar sozinha uma família quando ainda era jovem. Carregou não uma, mas diversas cruzes e com o poder que só aos deuses e deusas são consagrados, superou a tudo e recentemente ganhou o título de melhor cantora do milênio.
Obrigado Elza Soares por estar entre nós. Parabéns ao bloco afro Ilú Obá De Min, constituído de mulheres guerreiras, por homenagear a Deusa Elza neste carnaval.
Afro Ilú Obá De Min & Elza Soares
Data: 05.02
Local: Praça da República – Centro
Horário: 19h30
Fonte: doladoteca

Nenhum comentário: