terça-feira, 28 de julho de 2015

Mulher Negra Latino-americana e Caribenha Homenagens em Montes Claros/MG

Por Mônica Aguiar 

Em comemoração ao Dia Internacional da Mulher Latino-americana e Caribenha, a Coordenadoria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social de Montes Claros, com apoio do Fórum Estadual de Mulheres Negras de Minas Gerais, realizou um evento, dia 24 de julho, no auditório do campus São Norberto das Faculdades Integradas do Norte de Minas.

Amanda Souza 
A programação do evento contou para além da homenagem às mulheres negras que destacam em Minas Gerais em suas respectivas funções,  com  apresentação musical da cantora Amanda Souza, que foi eleita Miss Beleza Negra na edição 2012 do concurso organizado pela Coordenadoria de Igualdade Racial;  e lançamento do Projeto Coral Afro.

Entre as presenças,  a Secretária de Estado de Educação de Minas Gerais, Macaé Evaristo, foi uma das agraciadas.

De branco Secretária de Estado da Educação Macaé Evaristo
Azul - Vera Nice ( Nega Brexó) 

A Coordenadora de Políticas de Promoção da Igualdade Racial de Montes Claros Vera Nice, conhecida em toda região como Nega Brexó,  é uma das dirigentes do Fórum Estadual de Mulheres  Negras em Minas Gerais, militante feminista,  histórica na luta pela mulher negra com enfase na beleza negra, cultura e esporte. 
Brexó tem uma larga história no esporte, sendo uma das primeiras atletas negra da seleção mineira de handebol em 1975. Atualmente cursa Tecnologia em gestão pública. 

"Que as mulheres negra se identifiquem, mostre sua capacidade, sua beleza, sua inteligência na vida política e social. A identificação de sua história e exercício da sua cidadania cotidianamente é fundamental para enfrentar o racismo e o patriarcado", afirma Brexó. 

Edna Amarelo Diretora FEMN Nova Lima 

A data (25 de julho) foi definida durante o Iº Encontro de Mulheres Negras Latino-americanas e Caribenhas, em San Domingos, na República Dominicana quando mulheres de 70 países se reuniram com o objetivo chamar a atenção da sociedade a respeito das condições de opressão racial e de gênero que essas mulheres enfrentam no mundo.

Nenhum comentário: