sábado, 18 de outubro de 2014

Justiça condena réu a prisão perpétua por matar jovem negro por causa de música alta

EUA/Miami - A justiça da Flória condenou nesta sexta-feira à prisão perpétua, sem direito a fiança, um homem que matou com um tiro um adolescente negro durante uma discussão por causa do volume do som da música que escutava.


Michael Dunn, um engenheiro de software de raça branca e de 47 anos, foi condenado a u deste mês pelo assassinato em primeiro grau de Jordan Davis, de 17 anos, num posto de gasolina em Novembro de 2012. O caso teve grande repercussão nos Estados Unidos, que, nos últimos anos, têm sido palco de uma série de episódios de violência causados por questões raciais. 

"Eu realmente me arrependo do que aconteceu", afirmou Dunn numa rápida declaração lida para a família de Davis no tribunal.  "Se pudesse voltar no tempo e fazer de forma diferente, eu faria. Estou atormentado por ter tirado uma vida".
Durante o julgamento, Dunn disse que se aproximou do veículo em que o grupo de adolescentes estava e pediu que baixassem o volume da música, mas eles recusaram. Adiantou ter temido pela sua vida quando um dos jovens sair do carro e se aproximou. Sua reação foi a de pegar a arma no guarda-luvas do seu veículo e atirar.
Fonte : Angop

Nenhum comentário: