sexta-feira, 11 de abril de 2014

África do Sul: Negros ocupam menos de 20% de cargos de direção

Pretoria - Os Negros na África do Sul ocupam menos de 20 porcento dos cargos de direção, duas décadas após o fim do apartheid, revela um novo relatório da Comissão para a Equidade no Emprego (CEE).


O documento constata que existe ainda uma tendência "chocante e contraditória" em termos de promoção de grupos designados para ocupar cargos de alto nível.
Os Brancos ocupam 62%dos cargos de direção, contra 19% para os Negros e 8% para os Indianos, 5% para os mestiços e 4% para os cidadãos estrangeiros, precisa o documento.
Em termos de representação dos sexos, 79,4% dos cargos de direção são ocupados pelos homens, e apenas 1,5% por deficientes.
Para a ministra do Trabalho, Mildred Oliphant, que divulgou os resultados quarta-feira, 20 anos de democracia não bastaram para se desembaraçar totalmente do legado do apartheid, e o ritmo da transformação da sociedade e do mundo do trabalho continua "muito lento".
Segundo ela, estes resultados revelam que há ainda muito por fazer para melhorar a equidade em matéria de emprego.
"Há ainda um longo caminho a percorrer na África do Sul para avançar. Dêmo-nos a mão para que a África do Sul se torne  num país próspero, pacífico, não sexista e não racial", recomendou.
Fonte: ANGOPP

Nenhum comentário: