quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Letra da música ironiza a visão de mulheres "como objetos"

Lily Allen ironiza vídeo com modelos seminuas de Robin Thicke

'Hard out here', primeiro clipe da cantora em quatro anos, critica machismo. Ela canta: 'Não preciso mexer a bunda para você, pois tenho cérebro'.


Lily Allen lançou nesta terça-feira (12) o vídeo de "Hard out here", primeiro clipe da cantora em quatro anos. Na letra da música, a inglesa ironiza a visão de mulheres "como objetos" e parodia o vídeo do hit "Blurred lines", de Robin Thicke, com modelos seminuas. Na música, Lily canta: "Não preciso mexer a bunda para você, pois tenho cérebro". Clique para assistir ao vídeo.
O vídeo de "Hard out here" começa com uma cena que mostra Lily fazendo uma lipoaspiração e sendo criticada por médicos. A cantora diz: "Mas eu tive dois filhos". Na música, ela também canta: "Se eu falo sobre minha vida sexual, você me chama de p... / Mas se um homem fala sobre as p... dele, não tem problema". O vídeo mostra Lily dançando com mulheres de calcinha e sutiã enquanto ela canta o refrão: "As coisas são difíceis aqui para uma p...". A cena de "Blurred lines" em que uma modelo dança à frente de uma frase sobre o órgão sexual de Robin Thicke é parodiada no clipe de Lily, em uma cena que mostra mensagem similar sobre a cantora.
Lily Allen pretende lançar um disco em 2014, após se afastar do mercado musical desde "It´s not me, it's you", de 2009. Ela disse à revista "Hello" que o disco terá "vibrações feministas".
Fonte: G1

Nenhum comentário: