sexta-feira, 11 de outubro de 2013

SUS veicula mensagem contra racismo no atendimento de saúde

A ação é fruto de uma parceira firmada entre as Ouvidorias da Seppir, do Sistema Único de Saúde e a Coordenação do Disque-Saúde 136. Agora, quem ligar no número, será orientado a denunciar casos de discriminação

Um alerta sobre racismo está disponível, desde o dia 24 de setembro, aos usuários que buscarem a Ouvidoria Geral do Sistema Único de Saúde (SUS), por meio do Disque-Saúde 136. O spot traz a seguinte mensagem: “Racismo também é crime no atendimento de saúde. Em caso de discriminação, denuncie. Vá à delegacia mais próxima. No Brasil, igualdade racial é pra valer”.A ação é fruto de uma parceira firmada entre as Ouvidorias da SEPPIR, do SUS e a Coordenação do Disque-Saúde 136, durante o 3º Encontro Trimestral de Ouvidorias do SUS, realizado em Brasília-DF, nos dias 2 e 3 de setembro.
Além dessa ação, a SEPPIR ficou responsável pela produção de uma Nota Técnica e de uma cartilha sobre como as ouvidorias do SUS nos municípios e nos Estados devem proceder em caso de racismo em suas unidades de saúde. Também será criado um fluxo entre as duas instâncias para o encaminhamento das reclamações.
Os dois órgãos vão atuar conjuntamente no atendimento às demandas que apontarem para casos de racismo na prestação de serviços públicos de saúde, bem como os que indiquem discriminação racial aos médicos cubanos que atuam no país, dentro do Programa Mais Médicos.
Fonte: SEPPIR

Nenhum comentário: