domingo, 22 de setembro de 2013

Ilê Aiyê promove a Semana da Mãe Preta em homenagem à mulher negra

Ilê Aiyê promove a Semana da Mãe Preta em homenagem à mulher negra

A Associação Cultural Ilê Aiyê promove a partir da próxima segunda-feira, dia 23 de setembro, em sua sede no Curuzu, a Semana da Mãe Preta. O evento, que acontece desde 1978, foi criado com o objetivo de  homenagear “Mãe Hilda”, sacerdotisa do candomblé e por muitos anos dirigente espiritual do Ilê Aiyê, assim como todas as mulheres negras baianas, inserindo-se como atividade de resgate e valorização do papel feminino no processo civilizatório brasileiro. A programação será realizada até sexta-feira, dia 27 de setembro. A abertura está prevista para as 9h30 de segunda-feira, na Senzala do Barro Preto, sede do Ilê, com uma apresentação da Band’Erê, que é formada por crianças e jovens da comunidade. Haverá ainda neste dia apresentação de projetos pedagógicos pelos alunos da Escola Mãe Hilda, mantida pelo instituição, e rodas de mulheres capoeiristas. Às 15h, ocorrerá a abertura de uma exposição sobre a mulher no foyer da Senzala do Barro Preto. No dia 28 de setembro, terça-feira, a Semana da Mãe Preta tem sua programação focada nas crianças e jovens da Band´Erê, que farão uma visita ao Terreiro Ilê Axé Jitolu. Na quarta-feira, as atividades educativas dos alunos da Escola Mãe Hilda ocuparão a quadra da Senzala. Já na quinta-feira,  o dia começará com exibição cinematográfica para os estudantes, enquanto à noite, à partir das 19h, haverá  uma homenagem aos descendentes espirituais de Mãe Hilda, entre elas Mãe Hildelice Benta, que hoje dirige o terreiro Ilê Jitolu. Nessa mesma oportunidade, ocorre também o lançamento dos Cadernos de Educação do Ilê Aiyê. Finalmente, no dia 27, sexta-feira, a programação da Semana da Mãe Preta será encerrada com uma exposição dos trabalhos desenvolvidos pelos alunos da Escola Mãe Hilda e por uma confraternização inspirada nos santos gêmeos Cosme e Damião. 

Nenhum comentário: